domingo, 14 de janeiro de 2007


'O Auto da Compadecida', Brasil, 2000
Salvo engano, vai reprisar esse filme hoje,pela enésia vez na Globo.E, pela quinta[?], eu vou assistí-lo, apesar de ter gostado mais da minissérie.Sem falar que vou rever Selton Mello, que a-do-ro! "Não sei, só sei que foi assim...." [risos]
.
Não esquecendo que tenho em casa um dos exemplares dessa peça de Suassuna,bem antigo, que encontrei num sebo em Ilhéus/BA, em 1999!Guardo como uma jóia rara!E falar que comprei por míseros R$5,00...Uma obra dessa,com uma capinha bem antiga, que mais parece feita à mão, não pode custar um valor tão pequeno,meu Deus!Acho até que vou guardar em um cofre!Sério,seríssimo.
.
Angel.
.
p.s.: ainda sobre o filme,não posso esquecer matheus natchergaele, que toda vez que faz as malditas novelas me obriga a assistí-las!!O cara é bom!

2 comentários:

Evan disse...

Bom diaaaaaaaaa...

Ótimo post...

O filme eu não vi, apenas a mini-série. Excelente!

Selton e Matheus são grandes atores, realmente.

"O cheirinho de enxofre" rsrsrs

Nossa, por cinco reais? que pechincha... rsrs vale apena passar nessas lojas de cds, livros usados... aparece caaada raridade. Aqui também é assim.

Beijos,

Evan.

luiz disse...

Ariano Suassuna é realmente um gênio. eu já assisti uma palestera dele e ele além de ser inteligentíssimo é muito engraçado...

nesses sebos a gente encontra cada coisa. Parece que quanto mais poeirento, escuro e apertado, mais tesouros tem rs!

Beijos