sexta-feira, 13 de junho de 2008


do filme: "o fabuloso destino de amelie poulain"

"Ninguém pode construir em teu lugar
as pontes que precisarás passar,
para atravessar o rio da vida
- ninguém, exceto tu, só tu.
Existem, por certo, atalhos sem números,
e pontes, e semideuses que se oferecerão
para levar-te além do rio;
mas isso te custaria a tua própria pessoa;
tu te hipotecarias e te perderias.
Existe no mundo um único caminho
por onde só tu podes passar.
Onde leva? Não perguntes, segue-o."
- Nietzsche –

Nada mais propício que ter este texto em mãos nessa semana que passou. Cada vez mais dou valor à família e principalmente à Deus em minha vida. Ninguém além deles pode me defender de mal algum. Não quero perder a essência de ser humano comprometido com seus ideais. Sei que algumas vezes se deve abrir mão de muita coisa, mas sei que tudo isso pode ser passageiro no momento em que se crê no potencial de realização de desejos. E acredito em meus sonhos, e eles não poderão ser sonhados a não ser por mim mesma. Que bom saber que nada está perdido!
.
Beijos a quem sempre passa e repassa por aqui.
.
Ange.

;)

2 comentários:

Evan. disse...

apesar de você não ter comentado o meu comentário atéééé agora, eu tô aqui...

bobocaaa.

búúúúú

beijo.

comentários? em greve!!! =P

Ange, disse...

boboca. pode deixar q cometarei, mesmo sendo noticia velha...haha
beijinho.