quarta-feira, 14 de abril de 2010

Ócio criativo









Nananinanão! Embora seja o título de um livro do sociólogo Domenico De Masi, o conteúdo deste post  nada tem a ver com o dito best-seller [nunca li o livro; os meus pitacos são apenas idéias vagas sobre o tema].

Ter prazer no que faz é algo raro hoje em dia. Nesta sociedade bitolada de consumo, cada vez mais as pessoas optam por empregos que não lhes dão prazer pelo simples fato de "rolar" muita grana. Como seria bom fazer apenas aquilo que gostamos, não?


E pensando nisso, adoraria ganhar dinheiro fotografando... hehe. Mas se um dia isso acontecer, já terei feito muitos cursos de aperfeiçoamento, porque ainda está longe de eu ser uma profissional do ramo.


Bom, não quero falar sobre nada muito "pensante", nada cult ou qualquer coisa que o valha. Essa coisa de post atrás de post, sem muito conteúdo, é algo muito chato, mas como estou de férias, me dêem desconto, ok? Estou aqui, sem nada pra fazer [poderia ler um livro, por exemplo, mas estou com preguiça de tudo], com uma coriza chata desde segunda, com muitos espirros e cara amassada, e o que me resta é navegar na internet e escrever o que me vem à cabeça!


 Ah, "que viagem ficar aqui parada" - Alice Ruiz.

Em meio a isso tudo, resolvi sair da sala e dar uma volta pela casa do meu namorado. Fiz então essas fotinhas, porque adoro peixes, plantas e dias de sol [embora esteja frio]... Amanhã espero sair da toca e fazer alguma coisa, nem que seja para comer um "Mr. Pretzels" no shopping e não esquecer que também faço parte dessa massa consumista! haha!


Até mais.

Ange. 


p.s.: sábado espero ir ao cinema. Vamos ver se dá pé...
p.s.2: os peixes e plantas da foto são "bens" do Eduardo, meu cunhado.

2 comentários:

Passageiro Anônimo disse...

- Não diga isso. Você já é uma profissional! Até com o celular já faz fotos fantásticas!

Ange Rocha disse...

haha! Tá bom... Vc sim, eu não. Mas obrigada pelo incentivo. Sempre bem, bem vindo! Thanks you...rs