domingo, 27 de março de 2011

Não somos invencíveis

Olá, meus amigos. 

Estou meio sumida, né? Ando muito desmotivada, sem aquele ânimo habitual. Nos últimos meses, embora eu não tenha comentado aqui, minha família tem vivido dias meio apreensivos, porque meu pai apresentou uma doença estranha, que até hoje estamos tentando identificar com precisão. Há aproximadamente um mês minha mãe está com meu pai em Belo Horizonte/MG, na casa de parentes. Ela foi pra lá para buscar médicos capazes de descobrir o que realmente meu pai tem. Antes disso ele fez um exame em Vitória/ES, chamado eletroneuromiografia, cujo resultado ainda não sei exatamente, porque minha irmã quem recebeu da clínica, via sedex, e enviou para meus pais em BH. Segundo minha irmã, pelo que ela leu, tudo indica que meu pai está com uma doença chamada polineuropatia (veja aqui e aqui), que nada mais é que um distúrbio neurológico que causa sérios danos aos nervos periféricos. E, para quem não sabe, o ex-jogador Geovani (do Vasco e da Seleção Brasileira) sofre desse mesmo mal (veja aqui a reportagem). Espero que ele esteja se recuperando bem.

Bom, sobre meu pai, tudo aconteceu de repente, com um formigamento nas mãos, uma sensação de dormência que não havia explicação. Com o tempo ele foi perdendo as forças nos braços e nas pernas. Até para beber uma água ficou difícil. Uma vez, ainda em Vitória, ele deixou o copo cair, porque não estava tendo força para segurá-lo. Hoje minha  mãe tem feito quase tudo para meu pai, e ele, homem que sempre trabalhou pesado, nunca gostou de ficar à toa, está se sentindo limitado. Por saber que meu pai sempre foi forte, que nunca demonstrou  fraqueza diante de nenhuma intempérie que lhe foi apresentada durante a vida, vejo a tristeza em seu olhar. E eu me sinto um pouco limitada por não poder ajudar mais, por não poder lhe dar a força que ainda tenho. Se eu pudesse dividia com ele, porque meu pai é referência para mim, de homem honesto, sábio e determinado. 

Quando eles foram para Belo Horizonte, eu senti um vazio enorme no peito, porque é muito bom tê-los por perto, saber que não estou sozinha. O médico neurologista que está avaliando meu pai informou que não há cura, que ele não vai voltar a ter o vigor de antes, que não há nada a se fazer. Eu não acredito nisso!  Ele falou, ainda, que poderiam até pensar em uma cirurgia, mas seria muito doloroso e arriscado. Meu pai, sem muito temor, falou para minha mãe que vai perguntar ao médico se ele tem pelo menos 20% de chance de ficar vivo, pois se ele disser que sim, ele vai fazer a cirurgia ( o perigo aqui, de morrer, é em relação à operação). Eu achei isso muito pouco! Meu pai é bravo, só pode! Por mim, não tem que fazer, tem que procurar outros especialistas, como o Dr. Wilson Marques Jr., médico de Ribeirão Preto/SP, especialista em neuropatias. Descobri esse médico em uma comunidade sobre o assunto, do orkut. Falei com minha irmã que, se for preciso, vamos tentar todas as formas para que ele possa voltar a ter a força de antes, porque eu vejo nos olhos dele a tristeza de não poder ser mais tão independente como outrora. 

É isso, meus amigos. Não gosto de contar aqui meus problemas particulares, porque as pessoas, de modo geral, tendem a nos ver com ar de piedade, de dó. Claro, todos tendem a ter essa atitude, mas não quero piedade, quero oração, força. Deus é supremo, e dono de todas as coisas. Nada acontece sem que seja de Sua permissão. Talvez essa certeza tenha me feito ficar menos triste. Ontem, quando minha irmã me ligou para contar que as esperanças médicas eram poucas (sim, porque a esperança em Jesus é enorme, e é nEle que creio, com todas as minhas forças), eu estava na estrada, voltando de um curso em Vitória. Quando o celular ficou fora de área, me veio um flash-back sobre o meu pai e eu comecei a chorar. É muito difícil, gente! Lembrei, inclusive, quando eu estava voltando do Pará e meu pai foi me levar na rodoviária de Jacundá/PA para eu pegar o ônibus para Marabá/PA e de lá o voo para Belo Horizonte/MG, onde eu iria me apresentar no Tribunal (para minha posse). Ele pegou minha mala com tanta força que eu até briguei com ele, pedindo para que não fizesse aquilo porque poderia machucar a coluna. E ele lá, forte, nem se importando com isso. E hoje, vendo ele sem força nos membros (tanto das pernas quanto dos braços), eu me sinto impotente por não poder fazer grandes coisas por ele. 

Mas só sei de uma coisa: aconteça o que acontecer, quero que Deus me dê força para aguentar essa dor e me faça capaz de poder ajudá-lo financeiramente. E, mais que isso, com muito carinho e atenção, porque ele merece tudo isso e muito, mas muito mais. Meu pai pagou meus estudos (fiz estadual e federal, mas morei fora, há gastos também), é exemplo de homem bom, calmo, paciente... Enfim, eu amo meu pai, independentemente de qualquer coisa. 

Não quero ser dramática, gente, mas como diz Millôr Fernandes, "tá bem, todos nós vivemos a perigo, mas meus males são piores, acontecem comigo." Sendo assim, só peço que orem por minha família, e em especial por meu pai. Logo, logo postarei algo mais animado. Deus é minha força!


Obrigada por passarem sempre por aqui.

Beijão,

Ange.

12 comentários:

Zina disse...

Amigaaaaa...olha eu aqui de novo, eu tambem andei muito atarefada por aqui, e as vezes não dá pra passar em todos os blogs, mas nem se preocupe que não largo mais do teu pé. Gosto de ti de graça!haha...
Fiquei super contente pela sua Ráfia, e cuide dela direitinho. Tenho tres dessa mesma espécie,elas são lindas. Ah e as minhas eu corto todas as pontas das palmas,fica mais bonita e não faz mal nenhum a elas.
Ah quero que deixes pra mim o nome do seu pai, que é pra eu incluir em minhas orações tá, e tenha fé que tudo vai dar certo.
Se a gente colocar, a nossa fé em ação, e pedirmos a Deus, a resposta sempre vem.Ele nunca abandona seus filhos.

Te desejo uma semana iluminada,e te mando daqui um abraço bem apertado.

Beijo no coração amiga!

NaNa FraNCO disse...

Angelice, creia q Deus é contigo sempreeeee, Nossa FORÇA vem de um Deus q faz milagres...Tudooo ELE pODE!!! seja forte,como vc sempre foi, amigaaa, creia no Deus q tudoooo podeee, nada é impossivel aos olhos do Senhor. Vou orar pela saúde do seu pai.



Deus Que Muda Minha Sorte Ministério Unção Ágape
O tempo e as decepções
Não podem apagar Tuas promessas
Ainda que esmoreça
Do monturo Tu me ergues
E fazes resplandecer
Tua glória sobre mim

Sobre Tua palavra lançarei os meus sonhos
Sobre Tua Palavra lançarei minha vida
Tudo o que tenho e que sou
Lançarei aos teus pés

Tu és o Deus que muda a minha sorte
Quando não há solução
Se prometes, sei que cumprirás
Tua palavra é fiel

Em ti está minha confiança
Eu não temerei
As circunstâncias tentam me cegar
Mas minha bênção posso ver pela fé

Ange Rocha, disse...

- Zina, mais uma vez obrigada por tudo! Tb não largo do teu pé! rsrs Tão bom saber que temos amigos assim, ão carinhosos! Adoro vc, viu?

- Nanaaaa! Quanto tempo... Obrigada por orar por meu pai. Eu creio no nosso Deus todo poderoso! Sei que vai dar tudo certo, e que logo, logo meu pai vai estar de volta, bem e feliz! Vê se aparece mais vezes! Ah, nem sabia que vc tem um blog :) Legal!

Essa semana minha mãe me disse que os médicos analisaram melhor os exames do meu pai e estão querendo operá-lo. Não sei, ando meio com medo disso tudo... Ele já tem 74 anos... Essas coisas mexem comigo demais! Se ele for operar, acho que vou para BH. Não dá pra ficar de longe vendo tudo acontecer. Vamos orar e pedir para que Deus faça o melhor para todos nós.

Beijo grande, e não suma!

Vivi aninha: disse...

amada, Deus é bom e a sua bondade dura para sempre...
Pensando humanamente falando a gente desenpera, não aceita e perde as esperanças... mas temos que crer no impossível de Deus. Pois só assim teremos eperança. Com fé é possível agradar a Deus. Deus te dará forças pra vc ajudar seu pai. Dê a ele todo amor e carinho que vc recebeu. e até mais pois a palavra de Deus diz que seus dias se prolongaram sobre a terra.
Amada, não entendemos o que Deus quer com a nossa dor. Mas eu sei que é na dor que nós humanos nos achegamos a ele. É tempo de união de amor e d perdão familiar. mas acima de tudo é tempo de se achegar a Deus. A palavra do Senhor diz em romanos 8 que tudo coopera para o bem daqueles que amam a Deus....
Sê tu forte...
Se revista da armadra de Deus, pois se a jornada for longa vc estará preparada. Claro que estará nas minhas orações. Sexta tem circulo de oração lá na igrej e vou colocar seu nome do papai eda familia.
Seja revestida do poder e da graça de Deus. Busque-o enquanto se pode achar..... me mantenha informada. Se precisar é só chamar...
Deus é contigo. Não esqueça de sua mãe. ela tb está sofrendo e precisa de carinho....
Besos, besos.

http://vivi-aninha.blogspot.com

Fabiana Tardochi disse...

Oi querida!
Parece que tem uma época em que tudo acontece derrepente, não? Mas não fique assim se apegue em Deus, reze muito, peça o que precisar que ele te atende.
Vou rezar por vocês. Fique em paz.
Beijos

Patrícia ♥ disse...

Querida...

tem selinho no meu blog pra vc!!

Beijoos
http://pathyoliver.blogspot.com/2011/04/200-seguidores.html

Pri disse...

Oi Amiga,bom dia!!!
Li seu comentário lá no blog e fiquei muito feliz.Obrigada
Lhe enviei um email.Espero que tenha recebido.Beijosss da Pri

Zina disse...

Amigaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!cadê você?
Dê noticias, tenho rezado pela saúde de seu pai.

Tem um selinho lá no aniZ pra você.
Uma semana de muita paz pra ti!
Beijinhos...

Amanda Lemos disse...

Muito interessante o blog !
Deixo o meu aqui caso queira dar uma olhada, seguir...;

www.bolgdoano.blogspot.com

Muito Obrigada, desde já !

Patrícia ♥ disse...

Oii..
tudo bem?

to passando pra deixar o end.
do meu outro cantinho,
pra vcs conhecerem ele tbm!!

beijoos
http://momentosdapathy.blogspot.com

Vivi aninha: disse...

amada não tenho passado por aqui mas quero dizer que tenho orado pelo seu pai e tenho intercedido todos os momentos que lembro de vc e dele. love vc.
dá noticias e como ele está. e sua mãe?! e vc está melhor?!
Besos, besos.
http://vivi-aninha.blogspot.com

Ange Rocha, disse...

- Obrigada a todos vocês que passaram por aqui e me deixaram boas vibrações. Obrigada do fundo do meu coração. Deus sempre está à frente, e sei que nEle eu posso confiar.
Beijos em todas vcs!