sábado, 13 de janeiro de 2007


Chaplin,Charles - "a dog's life", de 1918.

Falando em cinema mas sem entrar no mérito.Explico: eu acho essa foto acima uma das mais antológicas do cinema.Eu simplesmente adoro!Chaplin, grande gênio do cinema mudo.Referencial de luta, competência, resistência, amor à arte, força, vencedor de grandes embates ao longo de sua trajetória.Sua história de vida dramática é grande exemplo pra todo mundo.
E falando em Chaplin, ele foi autor de frases memoráveis.Transcrevo angumas aqui em que concordo e outra nem tanto. Ei-las:
'Uma pessoa pode ter uma infância triste e mesmo assim chegar a ser
muito feliz na maturidade. Da mesma forma, pode nascer num berço de ouro e
sentir-se enjaulada pelo resto da vida.'
'O som aniquila a grande beleza do
silêncio.'
'A vida é maravilhosa se não se
tem medo dela.'
'Num filme o que importa não é a
realidade, mas o que dela possa extrair a imaginação.'
'O homem não morre quando deixa de
viver, mas sim quando deixa de amar.'
Não gosto desta:
'Amo as mulheres, mas não as
admiro'.
Imagine se ele tivesse presenciado essa geração...Aí que não admiraria mesmo...Sou uma mulher que defende a 'classe',mas algumas a estragam...aff. De qualquer forma, não gosto dessa frase do Chaplin.Porém, não conheci o contexto em que foi dita...Fica a incógnita!!
Será por isso que ele se casou tantas vezes? [risos]Eu acredito que o amor esteja atrelado à admiração,em muitos casos...ou em todos!
Mas Chaplin é um gênio. E pronto!!!

2 comentários:

angel_ljh disse...

Visit my blog a lot of infomation for make big money. veyr good

Evan disse...

nesse blog aí de cima, eles ensinam e jogar na mega sena? assaltar banco? rsrs

Ahhh, Chaplin... esse cara está sendo lembrado por várias pessoas que eu conheço, coincidência ou não...

Mas enfim, de Chapin, a única coisa que eu conheço são as interpretações dele feitas pelo senhor Roberto Gomes Bolaños, no programa mexicano chamado Chapolin.