quarta-feira, 17 de janeiro de 2007


Moisés disse: "A lei é tudo."
Jesus disse: "O amor é tudo."
Marx disse: "O dinheiro é tudo."
Freud disse: "Tudo está na cabeça."
E finalmente Einstein disse: "Tudo é relativo."

Hoje,após uma manhã de tarefas que pareciam intermináveis,deparei-me com esse texto.Eu o havia salvo numa pasta e agora não me recordo quem o compilou.São frases ditas por pessoas consideradas grandes transformadoras desse planeta chamado Terra.

Pois bem, partindo desse pressuposto, e sendo frases tão eloquentes -é, porque já vi muitas pessoas matarem e morrerem em nome de ideologias contidas em alguns desses discursos-, vale a pena refletir acerca delas.Sendo assim, com a sapiência que Deus lhe deu, Albert Einstein, grande físico alemão, soube como ninguém desconstituir tudo que foi dito pelos outros sábios: 'tudo é relativo'. E o é.

Interessante como a verdade einsteiniana é absoluta e nada relativa!Pelo menos eu acho.Essa negócio de pensar sempre que uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa às vezes não é bem assim.Uma coisa pode muito bem ser outra coisa, e outra coisa ser uma coisa,apenas.Parece algo desconexo, palavras ao vento, mas é isso mesmo.Acredito que ninguém nunca é de todo certo nem de todo errado. Até uma mentirinha pra defender uma verdade pode sim funcionar.Tudo é relativo.Tudo depende do ponto- de -vista do interlocutor,do observador.Temos exemplos absurdos que são verdadeiras verdades, e são relativas.Eu odeio cobra, tenho pavor de ser mordida por uma,tendo em vista que muitas possuem um veneno mortal.Mas outras pessoas amam cobras,acham lindas e, seu veneno, quando aplicado em cavalos, serve para fazer remédios!Funciona até mesmo como antídoto contra o veneno dela,da cobra,que odeio e muitos amam.Isso é relativo.

Partindo dessa suposição, vou trazer a sua memória, leitor, algo que me perturba bastante: preconceitos.De tudo.Simplesmente mortais,pra mim.Posso até não concordar com algo,mas tenho por decreto respeitá-lo.Isso pra mim é primordial.Pessoas têm que ser maleáveis, procurar ver os vários ângulos de uma questão.Outro dia conversava com um amigo e ele me disse que odiava quaisquer músicas que não fossem MPB e rock progressivo.Repudiava pagode e outras canções que apenas nos fornecem um sacolejo ou uma bela camisa molhada de suor!Achei radicalismo demais. Acredito que tudo depende da ocasião. Algumas músicas são feitas para se ouvir no carro, outras para se ouvir a dois, outras para se ouvir no computador,enquanto escreve uma babozeira dessas aqui...Tudo é relativo,tudo depende.E a diversidade é fantástica,opiniões podem sim, ser diferentes.Basta que sejam ditas sob pontos de vista diversos.E quem há de dizer que uma é mais correta que a outra? Se fosse assim o mundo não estaria povoado com tantas teses e teorias,as mais esdrúxulas![risos]

Busquemos a sensatez. A lei é importante para organizar o Estado; o amor une pessoas e povos, o dinheiro pode ajudar a salvar vidas...e nem tudo está na cabeça, porque muitas vezes fazemos tanta asneira que mais parece que não foram extaídas de uma mente pensante!

Conheço exemplos fantásticos que desmitificam essa mania de dizer que TUDO é isso e pronto!Pena que agora estou com preguiça,mas assim que for lembrando vou postando...Como o dia em que vi pela TV um oficial de justiça que,no cumprimento da LEI, dirigiu-se até uma residência com um mandado judicial para que a casa de uma senhora fosse demolida,porque estava em um terreno impróprio.A mulher chorava tanto, as crianças também, que o tratorista contratado para demolir a casa ficou com tanta pena que não o fez.Ameaçaram até prendê-lo,mas ele foi firme e disse que não o faria.E a casa acabou não sendo demolida e o tratorista foi aclamado como herói. Nesse caso, a Lei não foi tudo. A sensatez e a misericórdia foram maiores.Daí insisto:tudo é relativo.Tudo depende de um ponto- de- vista.

E digo, Einstein é maravilhoso!Olhe aí o que ainda disse e eu,livremente, dei uma pequena modificada:

"Quando se tenta conquistar um garoto, uma hora parece um minuto. Quando se está com o rabo sobre um braseiro quente, um minuto parece uma hora. Isto é a relatividade." (Albert Einstein)

Isso sim é uma grande verdade...

Um comentário:

Evan disse...

não entendi o que você tentou transparecer no começo do terceiro parágrafo.

diria que uma coisa PODE ser uma coisa E também uma outra coisa.

Mas enfim, E=mc²

vivaaaaaaaaaaaaaaa

Beijos,

Evan.