segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Até quando?


Oi, pessoas.
Nossa, ligo a TV e só vejo reportagens sobre a tragédia na região serrana do Rio de Janeiro (entenda tudo aqui). Não é para menos, já que o número de mortos cresce a cada dia, com mais de 600 corpos já resgatados nesse desastre.

Vidas foram ceifadas, famílias perderam tudo que construíram ao longo dos anos, resgates milagrosos foram feitos. Ajuda humanitária tem chegado de vários cantos do país. Essas são manchetes que ora nos deixam tristes, ora alegres. A vida real nos surpreendendo.

E os políticos, será que agora vão tomar providências mais drásticas para evitar futuros desastres desse porte? Ano após ano, esse tipo de tragédia traz tristeza para a população brasileira e o Governo não age. Medidas paliativas são sempre adotadas, mas não resolvem, gente!


Gilberto Dimenstein já havia se manifestado sobre isso aqui. Até quando precisaremos escrever sobre esse tipo de assunto?

Por isso, o meu protesto. Canta, Gabriel!





Beijo,
Ange.

Um comentário:

Fabiana Tardochi disse...

Bom dia Ange!
Seja bem vinda.
A situação é triste e grave. Temos que ajudar da forma de dá. E não é só o Rio que passa por problemas. Muitos estados do Brasil também estão sofrendo.
Bjs