sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Passeio gastronômico

Olá, gente :)
Como foi o dia d'ocês? O meu foi cheio de trabalho...hehe. Às 15h o meu namorado me liga informando que já havia chegado em casa (ele trabalho fora, no norte do estado) e, caso eu quisesse, me buscaria no trabalho. Óóóóbvio que sim, né? Às 18h55 ele me ligou pra dizer que chegaria um pouco atrasado, já que estava em um congestionamento na Av. Maruípe. Ok, espero. Às 19h20 ele chegou e fomos direto para um restaurante especializado em comida italiana, sugestão de uma colega de trabalho. Assim, antes de sair eu imprimi o mapinha do lugar, já que não sabia direito onde ficava, porém, mesmo assim, erramos o sentido da rua que nos levaria até lá, mas rapidinho conseguimos chegar...ufa! O ristorante se chama Oriundi, localizado em uma pacata rua do bairro Santa Lúcia. Como informado pelo garçom, tudo começou a partir de uma lanchonete, há 18 anos, daí o empreendimento cresceu e houve a expansão da casa. Achei bem interessante, embora não tenha uma decoração sofisticada. E o mais legal é que há uma parede de vidro onde se pode ver o preparo dos pratos. Ah, sem esquecer que nesse vidro há um recado mais ou menos assim: "Não fale ao celular, porque interfere no cozimento das massas". Achei graça!

Bom, quando pedimos o cardápio, fiquei meio em dúvida sobre o que comer, porque sou muito suspeita para falar de massas. Adoro! Depois de confabular com o Evandro, decidimos comer, cada um, 1/2 porção de Ravioloni di Mozzarella al Pomodoro Basilico, que nada mais é que ravioli de mussarela, molho de tomate e manjericão, que amoooo! Prato simples que gostei bastante, principalmente porque não me deixou, digamos, "empanturrada"! Hahaha! Sempre que saio pra comer alguma pasta, eu me sinto tão cheia que desisto de um docinho depois. E como hoje eu queria muito provar alguma outra coisa, principalmente sobremesa, chamei o garçom e pedi novamente o cardápio. A minha surpresa foi encontrar  o delicioso crème brûlée, a sobremesa  da Amélie Poulain (lembra do filme? Um dos pequenos prazeres de Amélie era quebrar a crosta do crème brûlée com a ponta de uma colher).  Veja aqui como preparar um igualzinho em casa...será? rsrs. O que provei era de doce de leite. E, lembrando de Amélie, peguei a ponta da colher e fiz o mesmo que ela! Hehe! Estava muito bom! Evandro provou também, raspando a tigelinha...hahaha!

Ah, sobre o quanto se gasta nessa brincadeira, posso dizer que a média de preço é em torno de R$30,00 o prato individual. E o mais engraçado é que eu pedi 1/2 porção porque eu queria comer uma sobremesa depois, como falei,  e o Evandro foi na pilha e pediu assim também. Resultado: acabou pagando a mais, porque continuou com fome e pediu mais uma 1/2 porção, o que encareceu o prato! Ri demais quando chegou a conta...rs 

E, nesse meio tempo, a gente conversou tanto (tivemos um "DR"...kkk) que ficamos cerca de 02h por lá.  Chegando em casa, ele foi jogar video game e eu estou aqui, escrevendo isso pra vocês. 

Quem for de Vitória/ES e ainda não conhece o Oriundi, está super recomendado, viu? E pros visitantes da capital também, claro. Abaixo seguem umas fotinhas (novamente triste porque não levei minha câmera fotográfica).

Ravioloni di Mozzarella al Pomodoro Basilico 
(nesse momento o Evandro ficou morrendo de
 vergonha porque eu estava
 fotografando o prato dele...kkk)
eu e meu crème brûlée
fotos: do meu celular, um Nokia N95
(tenho que aprender a sair com uma cam de verdade...
 Até por que, foto de celular não deixa ninguém apresentável...rs)


Beijo, 
Ange.

9 comentários:

Zina disse...

Olá Ange, passando pra retribuir a visitinha, e que bom que gostou do meu cantinho. O aniZ é meu refugio, e é meu xodó, e pode ter certeza que nas coisas que posto por lá,tem muito do que penso, do que sou, e do que eu gosto.Ah vc diz no seu perfil que morou 3 anos no Pará. Eu sou Paraense mas moro em Recife há 11 longos anos.
Bom, apareça sempre que quiser, e eu tambem estarei sempre por aqui.
Beijo no coraçao querida.

Ange Rocha disse...

- Olá, Zina! Bem-vinda de volta...hehe. Bom, nem precisa falar q amei o seu blog, os textos bem escolhidos...enfim, tudo! Sobre mim, morei em uma cidade próxima a Marabá, um centro maior lá do interior. Fui procuradora municipal por dois anos até ser nomeada no meu atual cargo. Confesso que estou/estou mais feliz aqui, mas fiz bons amigos por lá. Legal, vc ser paraense. Mas pelo visto, pelos longos 11 anos, vc já é um pouco pernambucana, não?rs
Beijo grande!

Vivi aninha: disse...

que delicia... isso que dá achar que vai comer pouco... rsrsr parecem deliciosos.
hummmmm sseu celular é bom sim. melhor que muitas cam.
Besos, besos.
http://vivi-aninha.blogspot.com

Lany disse...

Eu amoooooooo creme brulè ai sais ai sais ai sais.
Por aqui fico com o frozen Yogurth porque o calor tá terrivel e olha que são 10 h só.

Quem sabe nao rola uma praia?

Bjkas lindaaaaaaaa

Ange Rocha disse...

- Olá, meninas! Pois é, Vivi, ri demais do Evandro...kkk Dá próxima ele vai pensar bem! Lany, aqui tb é bem quente. O interessante é q o crème brûlée tem q casquinha quentinha e quando vc quebra, é meio geladinho o creme. Muito bom, daí combina com lugares quentes e frios. Sacada boa, não?rs

Tb quero praia hj! Tô pensando em ir à tardezinha... Humm!
Beijão pra vcs!

Clayre Rennó disse...

Adoro comida Italiana. Massas, massas e mais massas. Mmmmm.....


DR em restaurante é de lei. AhahUahUhauHA

Mas que fofo seu namorado te buscar no trabalho e te levar para jantar. Queria tanto alguém assim. ^^


http://ladodeforadacaixa.blogspot.com

Alma Inquieta disse...

Olá Ange,

que bom aspecto e a foto deixa-te linda simmmmmmm...

Gostei do teu blog.

Já te sigo desde Portugal.

Um beijo.

Ange Rocha disse...

- Olá, obrigada pelo comentário. Que bom q gostou. Passe sempre!

Beijão!

Clarice disse...

Oi Angelice, que bom que aprovou! Espero que assim como a comida, a conversa tb tenha sido boa. Até segunda! Beijinhos!